sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas




O programa Saúde e Prevenção nas Escolas(SPE)  é Fruto da parceria entre os ministérios da Saúde e da Educação para incluir nas escolas públicas temas pertinentes para discussão de ambos com os jovens abrindo um horizonte de possibilidades para reconhecer o jovem como detentor de saberes e estimula-los a   práticas que devem ser valorizadas e respeitadas na construção do conhecimento. No dia treze de novembro aconteceu no salão paroquial de  Primavera do Leste  a culminância do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE), organizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Saúde, Assessoria Pedagógica, Cefapro de Primavera do Leste e Escolas    Os alunos realizam apresentações  que  são fruto da construção, desconstrução e reconstrução de conceitos, quebras de tabus e conversas sobre os mais diversos assuntos, isso é fruto  das palestras, discussões, dinâmicas e outras atividades desenvolvidas durante as aulas pela parceria dos professores, agentes de saúde e alunos que são os multiplicadores do Programa  nas escolas. O professor  Eduardo de Lima Cunha do Cefapro e membro do Grupo Gestor afirma que as atividades do SPE possibilitam a participação, diálogo e discussão sobre questões que muitas vezes não são tratadas pela escola.
Segundo o Professor Milton Alcover Neto do Programa Bem e Estar e Saúde e Assessoria Pedagógica de Primavera do Leste, membro do Grupo Gestor”O grande objetivo deste dia é apresentar nas categorias de Historias em Quadrinhos, Dança Dramatizada, Paródia e Filme, tudo aquilo que foi construído durante o ano letivo de 2012 em cada escola.”
Este é um momento  ímpar, capaz de fazer o projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, ser uma importante ferramenta de discussão e crescimento.
As atividades desenvolvidas pelas escolas podem ser acessadas pelo blog: speprimavera.blogspot.com





Montagem criada Bloggif Montagem criada Bloggif

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

1º Encontro Regional de Educação do Campo em Primavera do Leste/MT

Aconteceu nos dias 18 e 19 de outubro, no município de Primavera do Leste/MT, o I Encontro Regional de Educação do Campo, com a participação de 130 pessoas entre profissionais da educação, pais, alunos e representantes da comunidade escolar das  redes estadual e municipal de ensino dos municípios que fazem parte do polo.
O evento foi promovido pelo CEFAPRO/PVA em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Poxoréu e pela SEDUC/MT. Durante os dois dias foram abordados os temas: Políticas Públicas para a Educação do Campo, Currículo para as Escolas do Campo, Organização do Sistema de Ensino por Complexos Temáticos e  a Minuta para a Educação do Campo do Conselho Estadual de Educação. Além das discussões teóricas ocorreram grupos de trabalho onde os educadores elaboraram um planejamento interdisciplinar por área do conhecimento partindo de um Complexo Temático identificado nos diagnósticos sócioantropológicos aplicados previamente nas escolas do campo.
O Encontro teve por objetivo a reflexão individual e coletiva sobre as políticas públicas, fundamentos, concepções e orientações curriculares para a educação do campo, possibilitando com isso a construção de novos conhecimentos sobre esta importante modalidade educacional.
Na avaliação dos participantes, o evento contribui para a reflexão sobre o currículo para as escolas do campo, políticas públicas para esta modalidade e novas práticas pedagógicas interdisciplinares a  partir  do sistema de Complexo Temático.


Serlene Ana De Carli

Formadora do Campo

CEFAPRO/PV

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Olimpíada de geografia tem inscrições abertas até 9 de novembro

Estudantes de escolas públicas e particulares, do 8° e 9° anos do ensino fundamental e da 1° série do ensino médio, já podem se inscrever para a olimpíada de geografia Viagem do Conhecimento 2012/2013. O prazo para participar da competição vai até o dia 9 de novembro.

O cadastro deve ser feito pelos profissionais responsáveis pelo aluno, como professor ou coordenador. As inscrições estão abertas no site da competição, onde também estão disponíveis regulamento, calendário, planos de aula e dicas de estudo.

A competição será realizada em três fases. A primeira delas, no dia 13 de novembro, acontece na escola participante.

Leia mais notícias de Educação

A partir de 6 de novembro, o professor responsável deve fazer o download da prova e aplicá-la aos estudantes. Serão classificados para a fase regional os alunos que acertarem 18 ou mais questões.

No dia 2 de março de 2013, a segunda prova acontece em centenas escolas-sedes distribuídas por todo o País.

Resultado
A lista de classificados para a fase final será divulgada no dia 26 de março. Ao todo, 13 participantes devem ser escolhidos.

Cada finalista ganhará uma viagem com despesas pagas até a cidade onde será realizada a última etapa. De 24 a 26 de abril de 2013, eles serão avaliados por mais duas provas: uma de múltipla escolha e outra dissertativa.

A competição estudantil é organizada pela revista National Geographic Brasil e já recebeu mais 1,2 milhões de estudantes em edições passadas.




para quem é apaixonado por Geografia.
Serlene Ana
 

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Blog Geocruzadas


Compartilho a indicação do professor  Daniel Augusto . Ele criou um blog de Geografia, intitulado Geocruzadas,  espaço é rico em: quizzes, dicas, textos, vídeos e outros. Dica para os professores e interessados, visitem:
Link:http://geocruzadas.blogspot.com.br/

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Banco de Imagens de Células

No site The Cell: An image Library  há um banco de imagens de celulas, disponibilizado pelo "The American Society for Cell Biology". Um site imperdível  para os professores, principalmente os de Biologia. Essa dica vai para aqueles que estão a  procura de materiais para enriquecer suas aulas!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Formação Continuada Professores Xinguanos


Está sendo realizado no Parque Nacional do Xingu, na Escola Estadual Indígena Central Leonardo Vilas Boas que atende dez salas anexas o 1º Encontro de Formação Continuada   dos Professores Xinguanos, com a presença das escolas indígenas: Central Karibe, Pyulaga, Mavutisinin, com a presença de 66 professores de dez etnias( Waura, Matipu, Awaeti, Tanguro,  Kamayura, Mehinaco, Yawalapiti Kuikuro, Kalapalo, Nafukua, e de dezesseis aldeias do Alto Xingu. A abertura do Evento contou com a presença de várias lideranças políticas, representantes indígenas, na pessoa dos Caciques Aritana Yawalapiti, Nafukuá Tirife, o Coordenador do CTL Vilas Boas, Kokoti Aweti,  pela  presença  do Prefeito Nilson Francisco Aléssio. Secretário de Educação de Gaucha do Norte Fernando Moreno Fernandes, assessora pedagógica, o Secretário da Escola Leonardo Rogério Ferreira Miranda e Anialce da Silva Lima que. O evento conta com a parceria da  Seduc- Cefapro de Primavera do Leste, Assessoria Pedagógica de Gaúcha do Norte e Prefeitura Municipal Gaúcha do Norte. A Formação Continuada visa o fortalecimento e a implantação das políticas públicas voltadas para a Educação Escolar Indígena. Durante a formação será discutido e trabalhado as Temáticas: Educação Escolar Indígena, Ciclo de Formação Humana,  Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e da Matemática, EJA, Avaliação da Aprendizagem e Relatórios Descritivos, e por fim Projeto Politico Pedagógico para as Escolas Indígenas a luz   da Referencia Curricular Nacional para as Escolas Indígena do RCNEI  da Orientações Curriculares da Educação Básica-MT  as temáticas estão sendo trabalhadas pelas Professoras formadoras do Cefapro de Primavera do Leste,  Rosa Maria Mayate, Zoraide Barboza Urcino, Josefina Luciano,  Serlene Ana De Carli e o professor colaborador indígena Arapawa Wurá, paralelamente  a assessora pedagógica  e o secretário estarão trabalhando com os gestores questões pertinenetes a administração escolar.


                                                 

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Grupo de Estudo de Língua Portuguesa, 2012

Iniciamos o Grupo de Estudo de Língua Portuguesa deste ano, com a participação dos professores da área de linguagem das redes estadual e municipal de Primavera do Leste, com o intuito de continuar as leituras e socializações sobre o ensino da Língua Portuguesa na perspectiva de fomentar as discussões e aprimorar as práticas pedagógicas no  trabalho com a  leitura, escrita e interpretação, levando em conta os saberes dos alunos. As linguagens são construídas historicamente, em situação de interação social, assim, o uso que fazemos delas é mediado pelas relações sociais.
Para Bakhtin (1992,35-36), “a alteridade define o ser humano, pois o outro é indispensável para sua concepção: é impossível pensar no homem fora das relações que o ligam ao outro”.

O grupo reunirá uma vez por mês com a carga horária de 40h e será coordenado pelas Professoras Formadoras Márcia e Simone-Cefapro de Primavera.


sexta-feira, 15 de junho de 2012

Unesp lança portal de materiais didáticos


Agência FAPESP – A Universidade Estadual Paulista lançou no dia 14 de junho o Projeto Unesp Aberta, que disponibiliza pela internet disciplinas livres como oportunidade de aperfeiçoamento de professores nas áreas de Humanas, Exatas e Biológicas.
A iniciativa oferece gratuitamente materiais didáticos digitais dos cursos de graduação, pós-graduação e extensão da Unesp elaborados em parceria com o Núcleo de Educação a Distância (NEaD) da universidade.
Entre os materiais disponíveis na Unesp Aberta estão mais de 17 mil itens educacionais, como mapas, imagens, softwares e animações, 300 videoaulas, 300 textos e 138 livros digitais do selo Cultura Acadêmica, além do acervo da Biblioteca Digital – que reúne material pertencente ao sistema de bibliotecas da Unesp e de seus centros de documentação.
O acervo contempla ainda o material dos cursos da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) e da Universidade Aberta do Brasil (UAB) e de cursos presenciais da Unesp que também utilizam as tecnologias digitais.
As disciplinas livres disponibilizadas integram a Rede São Paulo de Formação Docente (RedeFor), convênio da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo com Unesp, Universidade de São Paulo e Universidade Estadual de Campinas para dar cursos de pós-graduação a professores da rede pública do Estado.
O projeto da Unesp prevê as inclusões de versões em inglês e espanhol, bem como a incorporação de recursos de acessibilidade, como Libras e audiodescrição. O acesso ao material não dá direito a qualquer tipo de certificação de conclusão ou apoio educacional.
O lançamento do projeto também marcou a inauguração do auditório do NEaD, que conta com 150 lugares, além de uma sala de reunião e de salas de aulas.
 

sexta-feira, 25 de maio de 2012

100 maneiras de usar o Facebook em sala de aula


Fonte: Universia Brasil  Acesso: 25/05/2012

No site Universia Brasil encontramos essa publicação.



imagen-relacionada
Crédito: Shutterstock.com

 O Facebook é a maior rede social do mundo: atualmente, conta com mais de 900 milhões usuários. Mesmo que você não tenha um perfil nela, deve perceber a popularidade em conversas com seus alunos e colegas. Os jovens inserem a internet em todas as áreas de sua vida, e costumam utilizar a rede inclusive para buscar conteúdos educacionais e ferramentas de aprendizado. Com o tempo, o Facebook tem aberto cada vez mais portas para que as escolas e professores possam usá-lo para melhorar a educação e, principalmente, a comunicação com seus alunos.

 
Aproveite 100 dicas e use o Facebook em sala de aula:

Facebook em sala de aula: dicas para utilizar os recursos do Facebook

1- Peça informações: Ao invés de utilizar a Wikipédia, procure por especialistas que tenham perfil na rede e possam ajudar você. Além disso, você pode se comunicar com os pais de seus alunos, especialmente quando forem menores, e pedir ou fornecer informações sobre eles.
 
2- Veja vídeos-aula: Diversas universidades de vários países diferentes disponibilizam vídeos de aulas ou palestras em suas páginas online.









Neste Site encontramos mais de quinhentos(500) livros para downloads, desde os clássicos até livros em inglês. O acervo é constantemente renovado.

Revista Veja Acervo Digital

Um trabalho impressionante e creio que servirá como fonte de consulta e garimpagem de dados para efetivação de eventuais trabalhos de pesquisa. A revista VEJA abre todo o seu acervo de 40 anos de existência na internet. Todas as edições poderão ser consultadas na íntegra em formato digital no endereço: http://veja.abril.com.br/acervodigital/. A primeira edição de VEJA foi publicada em 11 de setembro de 1968. O sistema de navegação é similar ao da revista em papel: o usuário vai folheando as páginas digitais com os cliques do mouse. O acervo apresenta as edições em ordem cronológica, além de contar com um sistema de buscas, que permite cruzar informações e realizar filtros por período e editorias. Também é possível acessar um conjunto de pesquisas previamente elaborado pela redação do site da revista, com temas da atualidade e fatos históricos. Com investimento de R$ 3 milhões, o projeto é resultado de uma parceria entre a Editora Abril e a Digital Pages e levou 12 meses para ficar pronto. Mais de 2 mil edições impressas foram digitalizadas por uma equipe de 30 pessoas.

terça-feira, 22 de maio de 2012

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Brasil tem maior taxa de reprovação no ensino médio desde 1999

Em 2011, índice de repetição foi de 13,1%, segundo o Inep.

No mesmo ano, a reprovação no ensino fundamental foi de 9,6%.

Do G1, em São Paulo

Em 2011, 13,1% de todos os estudantes matriculados em algum ano do ensino médio estavam repetindo a mesma série feita em 2010. A taxa de reprovação no ensino médio, incluindo tanto a rede pública quanto as escolas particulares, foi divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) na tarde de segunda-feira (14) em seu site, com base nas informações do Censo Escolar 2011.
Esse é o pior índice desde 1999, primeiro ano com dados disponíveis no site do Inep. Entre 2006 e 2007, o órgão alterou a metodologia e adotou a taxa de rendimento em vez de índices de evasão escolar. Porém, o número de alunos repetentes no ensino médio, que desde 2007 oscilava em cerca de 12%, acabou sofrendo um leve salto depois de cinco anos (veja tabela abaixo).
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse nesta quarta-feira (16), no Rio de Janeiro, que "precisa um estudo mais aprofundado para analisar" o aumento da taxa de reprovação no ensino médio em 2011 em relação aos anos anteriores. "Para avaliar o ensino, a taxa de reprovação é um dos indicadores de fluxo. O outro é a qualidade do aprendizado. Como o ensino médio é predominantemente estadual e nós tivemos mudanças de governo em muitos estados no ano passado, novos secretários de educação, novas atitudes, novos procedimentos, talvez tenha aí alguma explicação. Mas eu não quero me adiantar antes de um estudo mais aprofundado", disse Mercadante.
Taxas de reprovação e abandono no ensino médio*
Ano Taxa de reprovação Taxa de abandono
2011 13,1% 9,6%
2010 12,5% 10,3%
2009 12,6% 11,5%
2008 12,3% 12,8%
2007 12,7% 13,2%
Fonte: Inep/MEC

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Calculadoras Digitais e Dicas de Matemática

Neste site você encontra dicas, conteúdos da disciplina de matemática,  interessantes são as calculadoras de porcentagem visite: Professor Cardy

Game de Educação da FIRJAN debate temas da Rio+20

Para incentivar o debate sobre a Rio+20, o SESI Rio lançou um game educacional que está aberto para o público em geral e, principalmente, para jovens estudantes do 6º ao 9º ano da rede pública.O objetivo é sensibilizar os jovens sobre os temas que serão debatidos na Rio+20, incluindo apresentação de um filme 3D sobre o assunto nas escolas. 

Na primeira etapa do jogo, os assuntos tratados são resíduos, saneamento, transporte e poluição. Na segunda etapa, o desafio é a construção de uma cidade sustentável. 

Os vencedores em cada categoria serão premiados (viagem para Fernando de Noronha, Ipad e Playstation 3). 

As escolas das equipes vencedoras ganham um kit de lousa digital com notebook e projetor.
É muito simples participar do concurso. 
Primeiro você entra no site http://www.heroisdofuturo.com.br, faça seu cadastro e monte sua equipe...

O jogo virtual conta com três categorias:
Em formato de concurso cultural, o game é dividido em duas etapas e deve ser jogado por equipes de dois a cinco participantes, incluindo um líder. A primeira etapa, que vai até o dia 27 de maio, tem quatro fases: Resíduos, Saneamento, Transporte e Poluição. Cada fase tem um jogo, um quiz e um desafio.
No fim da primeira etapa, os grupos que tiverem atingido 10.600 pontos estarão automaticamente classificados para a segunda etapa, que vai de 28 de maio até 10 de junho. Nesse estágio, a pontuação zera e cada equipe terá que construir e defender uma cidade sustentável. Ganha o concurso quem fizer mais pontos.
Tanto na categoria Escolar como na Livre, o 2º lugar geral ganha um iPad2, enquanto o 1°colocado leva uma viagem para Fernando de Noronha com acompanhante, além do tablet da Apple. 
Fonte:http://projetoinfo.blogspot.com.br/ Acesso:16/05/2012

Blog Conversa de Português















No blog Conversa de Português, encontrei arquivos para downloads de atividades, apresentações, estes abordam temáticas temáticas relacionadas a língua portuguesa. Na página a dicas e podemos acessar páginas com conteúdos de línguistica, acordo ortográfico, literatura e outros.

Google lança site para professores ensinarem alunos a pesquisar




     O portal de buscas Google lançou um site planejado para professores utilizarem em sala de aula para ensinar seus alunos a realizar buscas mais eficientes e rápidas do conteúdo acadêmico. É o Search Education, que por enquanto existe só na língua inglesa e que permite aos professores realizar planos de aulas para seus alunos em três níveis (iniciante, intermediário e avançado).
     Há no site vídeos com instruções sobre como escolher os termos de pesquisa mais eficientes, entender o resultado da busca, restringir a pesquisa para chegar a melhores resultados, utilizar todas as ferramentas à disposição e até avaliar a credibilidade da fonte de informação, o que tem sido uma questão constantemente colocada no ambiente escolar.
     O novo site também apresenta uma ferramenta que permitirá aos professores propor desafios aos seus alunos, relacionando-os a sua disciplina, o Google Day Challenge. Ela permite ao professor avaliar não só as habilidades adquiridas no buscador, mas também o conteúdo que o aluno sabe sobre a matéria que aplicou. Por enquanto, o Search Education conta, para essa ferramenta, apenas com elementos da grade curricular norte-americana.
     Visite o Google Search Education aqui.

Fonte: Da revista Ache Seu Curso acesso:16/05/2012

Capacitação Programa Saúde e Prevenção nas Escolas. 

O Programa Saúde e Prevenção nas Escolas é fruto da parceria entre os Ministérios da Saúde e da Educação, que abrange as esferas federal, estadual e municipal, com o objetivo de incluir na educação de adolescentes e jovens das escolas brasileiras o seu protagonismo nas políticas de saúde e educação a partir das temáticas que envolvem a sexualidade. O Cefapro de Primavera do Leste, Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria Municipal de Educação desenvolvem desde 2009 a formação de profissionais da educação, saúde e alunos para desenvolver as atividades na escola e comunidade. Ao final de cada ano as escolas apresentam na Mostra de Saúde e Prevenção nas Escolas, o que foi desenvolvido e discutido durante o ano. Segundo os professores Milton Alcover(Assessoria Pedagógica/Projeto Bem Estar e Saúde na Escolas) e Eduardo de Lima(CEFAPRO Primavera): a primeira formação realizada no ano de 2012 contou com aproximadamente 60 pessoas entre professores, enfermeiros, agentes comunitários de saúde, policial militar e representante da Pastoral da AIDS. O objetivo desta formação foi a de apresentar o Programa aos novos participantes e a vivência de algumas dinâmicas que são sugeridas nas apostilas de formativas do Programa. A novidade neste ano é que foram acrescentadas duas novas modalidades de apresentação para a culminância de final de ano, sendo elas a confecção de histórias em quadrinhos e a elaboração de um pequeno filme. Durante a formação foram ministradas a oficina de histórias em quadrinhos e a oficina do editor de vídeo. As atividades formativas aconteceram durante dois dias nas dependências da UNIC e foram muito proveitosas, cada participante vivenciou as dinâmicas como se fossem aplicadas em uma sala de aula para adolescentes. Os profissionais que desenvolveram as dinâmicas no ano passado foram convidados a ministras estas mesmas dinâmicas durante a formação, dando ênfase no formato de trabalho que desenvolveram em seu local de trabalho. Propiciou a integração entre as diversas secretarias e profissionais, permitindo que houvesse troca de idéias e compromisso de desenvolvimento de atividades durante o ano em cada unidade escolar, vinculada ao serviço de saúde de cada região. Os trabalhos estão apenas começando mas a integração entre todos mostrou-se forte. Acreditamos que teremos um bom ano de trabalho.. 

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Diversidade: Guias para pais, estudantes e professores

Deficiência física, obesidade infantil, homoafetividade: ser "diferente" - e ensinar sobre as diferenças - não é nada fácil. Foi por isto que a Editora Ática criou a série Todos Juntos (cujos primeiros títulos foram escritos por Walcyr Carrasco) e disponibilizou gratuitamente guias que vão ajudá-lo a trabalhar estes temas em sala de aula.  Visite a página : http://sites.aticascipione.com.br/autores/walcyrcarrasco/index.html.
Para baixar os guias clique nos links abaixo:
 - Ararinha do bico torto;  - Meus dois pais; -Pituxa a vira-lata; - Laís a fofinha; 
- Rick, o nerde detetive; - Daniel no mundo do silêncio
Fonte:
http://sites.aticascipione.com.br/autores/walcyrcarrasco/index.html.  Acesso:03/05/2012
 

terça-feira, 24 de abril de 2012

Seduc divulga lista de projetos educativos contemplados pelo Edital 010/2011

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da coordenadoria de Projetos Educativos divulga a lista dos 217 projetos pedagógicos escolares selecionados pelo Edital nº 010/2011/GS/Seduc-MT, publicado no D.O. de 22.11.2011. Os projetos selecionados nessa etapa contemplam as diversas áreas do conhecimento e foram escolhidos após avaliação da Comissão de Análise e Acompanhamento.
As unidades selecionadas terão até dia 30.06 para encaminhar (via protocolo), o Plano de Ação, conforme Instrução Normativa PDE 2011. Eles devem seguir valores e itens apresentados na proposta (cronograma orçamentário), para análise e parecer.
Os recursos financeiros para os projetos serão enviados às escolas no segundo repasse do PDE e devem ser executado no ano letivo de 2012. “É impossível a reprogramação dos recursos para 2013”, destaca a técnica da coordenadoria de Projetos Educativos, Telma Regina Oliveira Peres.
A coordenadoria de Projetos Educativos comunica que ainda, até o dia 15.05, divulgará pelo site da Seduc, a segunda lista das escolas contempladas, cujos projetos precisam de alguma adequação, em relação aos critérios do Edital.
Recurso
Os projetos receberão até R$ 8 mil para despesas de custeio e capital, conforme cronograma orçamentário apresentado. O Edital contempla ainda os projetos para implantação e manutenção das Hortas Pedagógicas, para os quais serão destinados R$ 4 mil e R$ 1,5 mil, respectivamente.
Outras informações no setor da coordenadoria de Projetos Educativos, com professora Telma Regina, pelos telefones (65) 3613.6321; 3613-6414; 3613-6306 Confira abaixo a lista dos projetos selecionados.

Fonte: Assessoria/Seduc-MT




sexta-feira, 20 de abril de 2012

“Formação para Formadores de Leitores para o Primeiro Ciclo”



As professoras formadoras Sílvia Cristina Fernandes Paiva[1] e Daniele da Costa Leão Santos[2], formadoras do CEFAPRO – Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica do Estado de Mato Grosso, no município de Primavera do Leste e responsáveis pela formação de professores formadores de leitores, deram início na terça-feira (03/04) ao curso “Formação para Formadores de Leitores para o Primeiro Ciclo” com  objetivo principal oportunizar construção de conhecimentos que levem estes profissionais a refletirem sobre uma prática de qualidade para o desenvolvimento do leitor literário.
 O curso iniciou no ano de 2011 e abriu nova turma no ano de 2012. Contou com a presença de vários professores, coordenadores e articuladores do primeiro ciclo das escolas da rede estadual do município de Primavera do Leste, Estado de Mato Grosso.

Formação Olimpíadas de Língua Portuguesa Primavera do Leste,MT

As Olimpíadas de Língua Portuguesa vem tornar as aulas como um acontecimento, resgatando a história de um lugar... O lugar onde vivo!


 Realizamos nos dias 30 e 31 de março no Centro de Ensino Integrado Cremilda Viana, a formação das Olimpíadas de Língua Portuguesa, 2012.

Esta formação apresentou os objetivos de se trabalhar os gêneros: Poesia, Memória, Crônica e Artigo de Opinião, com ênfase no ensino da escrita e leitura contextualizada, com o auxílio da sequência didática, que são conjunto de atividades ligadas entre si, planejadas para ensinar gêneros, etapa por etapa. Organizadas de acordo com os objetivos que o professor quer alcançar para a aprendizagem de seus alunos, elas envolvem atividades de aprendizagem e avaliação.

Esta formação teve a participação de Professores de Língua Portuguesa da rede estadual e muinicipal, levando-os a disseminar estas práticas aos outros professores da area, que poderão desenvolver este projeto com os alunos e também concorrer às melhores produções de texto.


Professora formadora: Márcia Roza Lorenzzon, Cefapro - Polo Primavera


Ensino de Geografia - “A arte é um recurso pedagógico importante”

Posted: 19 Apr 2012 05:26 AM PDT
Fátima Schenini
Ministério da Educação

A experiência de mais de 25 anos como professor no ensino médio fez Rui Ribeiro de Campos atentar para a importância de usar filmes e letras de músicas no ensino de conteúdos de geografia. “A arte é um recurso pedagógico importante”, destaca o professor, que leciona na Faculdade de Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC) de Campinas (SP).
Doutor em geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, mestre em educação pela PUC de Campinas, Campos é graduado em filosofia e em geografia e tem licenciatura curta em estudos sociais.

Jornal do Professor — Há assuntos que se adequam mais ao uso de letras de músicas ou há letras para todos os temas de geografia?

Rui Ribeiro de Campos — Não sei se existem letras de músicas para todos os temas. É necessário pegar um tema e pesquisar letras sobre o mesmo. Mas diversos temas têm letras de músicas que podem ser usadas. Para discussão sobre a nação brasileira, por exemplo, temos, entre outras, Kizomba, a Festa da Raça (Rodolpho, Jonas e Luiz Carlos Silva), Positivismo (Orestes Barbosa e Noel Rosa), Bem Brasil (Premeditando o Breque), Querelas do Brasil(Maurício Tapajós e Aldir Blanc) ou Cara do Brasil (Celso Viáfora e Vicente Barreto). Sobre o período da ditadura,Calabouço (Sérgio Ricardo), Sabiá (Tom Jobim e Chico Buarque), Capitão (Joyce e Fernando Brant), Apesar de Você eDeus lhe Pague (Chico Buarque), Cálice (Gilberto Gil e Chico Buarque), Sina de Lampião (Sérgio Ricardo), Pesadelo(Maurício Tapajós e Paulo César Pinheiro), Angélica (Miltinho e Chico Buarque), O Patrão Mandou (Paulinho Soares),Inútil (Roger Moreira), O Bêbado e a Equilibrista (João Bosco e Aldir Blanc) e muitas outras. Em cada região pode ser estimulada a composição de raps pela turma da sala de aula, principalmente para retratar a realidade dos alunos. Sobre a água ou a questão ambiental, desde Medo da Chuva (Raul Seixas), Planeta Água (Guilherme Arantes) e Águas de Março (Tom Jobim), até Chuá, Chuá (Pedro Sá Pereira e Ary Pavão) ou Cai Água, Cai Barraco (Álvaro, Bruno, Miguel, Sheik e Coelho). Sobre o Pantanal, há Chalana (Mário Zan e Arlindo Pinto), Terra dos Sonhos e Peão (ambas de Almir Sater e Renato Teixeira). A citação seria longa se incluirmos o preconceito (principalmente através de marchinhas de Carnaval), o espaço religioso, a semiaridez do Nordeste brasileiro, a questão da posse da terra no Brasil e outros temas.

Uma homenagem mais que justa Paulo Freire é declarado o patrono da educação brasileira

O educador e filósofo pernambucano Paulo Freire (1921-1997) passa a ser reconhecido como patrono da educação brasileira. É o que estabelece a Lei nº 12.612, do dia 13 último. Freire dedicou grande parte de sua vida à alfabetização e à educação da população pobre.
Oriundo de uma família de classe média, Freire conviveu com a pobreza e a fome na infância, durante a depressão de 1929. A experiência o ajudou a pensar nos pobres e o levou, mais tarde, a elaborar seu revolucionário método de ensino. Em 1943, chegou à Faculdade de Direito da Universidade de Recife, hoje Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante o curso, teve contato com conteúdos de filosofia da educação. Ao optar por lecionar língua portuguesa, deixou de lado a profissão de advogado. Em 1946, assumiu a direção do Departamento de Educação e Cultura do Serviço Social de Pernambuco, onde passou a trabalhar com pobres analfabetos.
Em 1961, como diretor do Departamento de Extensões Culturais da Universidade de Recife, montou uma equipe para alfabetizar 300 cortadores de cana em 45 dias. As experiências bem-sucedidas com alfabetização foram reconhecidas em 1964 pelo governo de João Goulart, que aprovou a multiplicação das experiências no Plano Nacional de Alfabetização. No entanto, poucos meses após a implantação, o plano foi vetado pelos militares, que assumiram o governo. Freire foi preso e expulso do país. Em 16 anos de exílio, passou por Chile, Suíça, Estados Unidos e Inglaterra e difundiu sua metodologia de ensino em países africanos de colonização portuguesa, como Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Em sua obra mais conhecida, A Pedagogia do Oprimido, o educador propõe um novo modelo de ensino, com uma dinâmica menos vertical entre professores e alunos e a sociedade na qual se inserem. O livro foi traduzido em mais de 40 idiomas.

18 de Abril - Dia Nacional do Livro Infantil

Os livros são grandes formadores na infância, contribuindo para a aprendizagem de modo divertido e encantador. Mesmo com tanta tecnologia e a era da informática, as histórias infantis ainda encantam e fazem as crianças “viajarem” num mundo de fantasias.
Aquilo que lemos quando criança é o que mais nos marca, é o que fica na memória, tanto que as fábulas e contos acabam passando de geração para geração nas famílias.
E tem como não se apaixonar pelas princesas e príncipes? Bonecas de pano e bichos falantes? Fadas e magos? Um mundo a parte da realidade, cheio de cores e alegria. Nesta fase da vida criamos sonhos, transformamos o mundo num lugar do bem e sempre com um final feliz.
Data escolhida em 2002, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso, o Dia Nacional do Livro Infantil foi criado em homenagem ao escritor brasileiro José Bento Monteiro Lobato que nasceu em 18 de Abril de 1822 e que foi o autor da literatura infantil no Brasil.
 
Site reúne cursos e palestras de universidades de língua inglesa legendadas em português.Acesso às aulas é gratuito e pode-se ver cursos até com o Dalai Lama.  


terça-feira, 17 de abril de 2012

Blog sobre aprendizagem, autoaprendizagem



Neste blog  o principal tópico é aprendizagem, mais especificamente, autoaprendizagem. Explora os aspectos neurocognitivos, mas apresenta dicas práticas. Ao navegarmos nessa página nos deparamos com um ebook gratuito, que  ensina um método prático de escrever sem incorrer em plágio, um recurso interessante até para divulgar entre os nossos alunos.

http://www.videoaulasbyana.com.br/

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Site aborda valores

Visite o site Uma Vida Mlelhor e tenha acesso a materiais diversos que nos permitirão realizar atividades que abrdam a temática valores.

domingo, 25 de março de 2012

Criado em Primavera Comitê de valorização e estudo da Cultura e patrimônio histórico

20/02/2012 - 07:02:54 - Fonte: Da Redação PrimeiraPáginaMT
Divulgação / Assessoria
foto
Na ultima semana foi lançado no Plenário Santo Renosto, na Câmara Municipal, o comitê de Primavera do Leste que faz parte da Rede de Educadores em Museu e Patrimônio de Mato Grosso, REMP – MT, que foi criada em 2009 em Cuiabá e se consolidou com eventos presenciais, jornadas de estudos e fóruns virtuais, através do trabalho de gestores e participantes das Comissões.
Em Primavera o Comitê Municipal será coordenado pelas professoras Maria Eterna P. da Silva e Evangeline Alcântara Takeuchi, que formarão três Comissões com membros da Escola estadual Alda Scopel, CEFAPRO e Assessoria Pedagógica do município.
O primeiro projeto do Programa Jornadas Culturais de Estudos de Museologia, Memória e Patrimônio foi lançado na Escola Alda Scopel com a palestrante Jocenaide Rossetto, da UFMT e o ciclo de palestras e apresentação do Projeto se estende na cidade.
As professoras conheceram o Instituto Memória da Câmara Municipal onde foi colocada pelo presidente da Casa Felipe Nogueira, toda a estrutura cultural da Câmara à disposição para estudos.
Para saber mais sobre a Rede de Educadores em Museus e Patrimônios(Remp-MT) acesse: http://rempmt.ning.com/, conheça e faça parte desta rede.

(Com Ascom Câmara Municipal)

quarta-feira, 21 de março de 2012

MEC anuncia avaliação da alfabetização

Fonte: Folha da Região - 20/03/2012 (B7)

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou ontem a criação de uma prova nacional para medir o grau de alfabetização de crianças de 7 e de 8 anos. O exame, que será aplicado para todos os estudantes a partir do ano que vem, será uma ampliação da Provinha Brasil, que avalia o estágio de alfabetização e de conhecimentos básicos de matemática de estudantes do 2º ano do ensino fundamental.
"A Provinha Brasil é amostral. Nós faremos um exame nacional para ver a qualidade do letramento", disse Mercadante, que participou de um debate promovido pelo Lide, Grupo de Líderes Empresariais, na zona sul de São Paulo. No evento, o ministro disse que a garantia de alfabetização na idade correta, até 8 anos, é a grande prioridade da sua gestão. "O exame será para todas as crianças. Tem custo? Tem. Mas é muito menor que o da ignorância", disse.

sexta-feira, 16 de março de 2012

“Estamos desperdiçando talentos”, diz especialista em superdotados

Psicóloga alerta que muitas crianças com altas habilidades são diagnosticadas erroneamente. Estudantes precisam de atenção especial

Marina Morena Costa, iG São Paulo | 12/03/2012 11:11

Cristina Paulino Colavite cresceu vendo a mãe, professora de escola pública, quebrar a cabeça para estimular os alunos mais inteligentes de suas turmas. “Ela contava que alguns aprendiam mais rápido do que outros e sentia que precisava oferecer algo a mais a eles”, lembra. E por que alguns alunos aprendiam mais rápido do que outros? Em busca da resposta e fascinada pelos diferentes níveis e graus de aprendizagem dos seres humanos, Cristina resolveu se especializar em crianças com altas habilidades, os superdotados.
Psicóloga com pós-graduação em Psicologia Clínica, especializada em Educação Especial para alunos com capacidade acima da média, ela atuou na educação básica durante 20 anos. “Na minha concepção, deveria haver professores e psicólogos nas escolas. Educar significa dar amparo emocional também”, afirma.
Apesar de terem o rótulo de “gênias” e “superhomem”, Cristina destaca que as crianças superdotadas são em geral incompreendidas e sofrem. Muitas recebem diagnóstico errado de hiperatividade, déficit de atenção e são medicadas sem necessidade. Para orientar professores a trabalhar com esses alunos em sala de aula, Cristina dará um curso a partir do dia 15 de março no Sindicato dos Professores de São Paulo (Sinpro-SP).
Hoje, Cristina é membro do Conselho Brasileiro para Superdotação (CONBRASD), da Associação Brasileira para Altas Habilidades/superdotação (ABAHSD) e atende crianças, jovens e adultos em uma clínica particular. “Tenho recebido muitos pacientes com diagnóstico errado de hiperatividade e TDA (Transtorno do Déficit de Atenção). Crianças que estão tomando Ritalina aos 8 anos de idade, sem necessidade”, alerta.
Leia a entrevista concedida ao iG:
iG: Como identificar a criança com superdotação? A quais sinais os pais e professores devem estar atentos?
Cristina Colavite: É muito complexo, porque são crianças heterogêneas. Geralmente elas têm uma facilidade muito grande de aprendizado em diversas áreas do conhecimento, profundidade na percepção de mundo, nas sensações, nas observações, nos detalhes e um senso de justiça, ética e moral muito aguçado. São crianças que ficam indignadas com a injustiça e têm uma necessidade absurda de conhecimento, de desafio. Tem facilidade para fazer analogias, associar desde muito cedo o que veem, leem e ouvem. A memória é maravilhosa e elas conseguem organizar as informações. Uma criança comum passa por um menino de rua passando fome e repara. Mas, se logo na sequência há uma vitrine de brinquedos, ela esquece o menino. O superdotado não, ele quer saber por que a criança está lá, quem vai cuidar dela, se ela vai à escola, se ela tem família, e não para de fazer perguntas. Eles se envolvem com os assuntos.
Na sala de aula, elas acabam ficando com rótulos negativos. Porque o que o professor fala, para elas não é o suficiente e às vezes completamente banal. Então elas não prestam atenção e fazem bagunça, ou se fecham no seu mundo interno. São crianças desde muito cedo incompreendidas.

A Internet é super perigosa ou super segura?



Nem um nem outro! A Internet é, e sempre será, aquilo que fazemos dela. O fundamental é propiciarmos aos nossos aprendentes o conhecimento, reflexão sobre a navegação segura.
Para conhecer mais sobre o assunto e desenvolver atividades sobre segurança na internet visite o site da comunidade Nética.. Ao navegar pela página você encontrará: cartilhas, tutoriais, animações e outros. 

quarta-feira, 14 de março de 2012

Estudo destaca disparidades entre aprendizado escolar e mercado de trabalho


  Por Fábio Torres - Revista Profissão de Mestre

Um estudo realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e divulgado nesta semana destacou as diferenças entre o que é ensinado nas salas de aula e o que é demandado pelo mercado de trabalho. Intitulado ”Desconectados – Habilidades, Educação e Emprego na América Latina”, o documento tem como base duas pesquisas, uma realizada com 6.200 jovens de 25 a 30 anos da Argentina e Chile e outra feita com 1.200 empresas do Brasil, Argentina e Chile. A principal conclusão obtida é que existe hoje, na América Latina, uma grande defasagem entre as habilidades adquiridas no banco da escola e aquelas que são exigidas pelo mercado de trabalho para jovens que terminam a educação secundária na região. O trabalho do BID ainda documenta um sistema educacional que melhorou em termos de cobertura, mas não em qualidade nem em ferramentas que estimulem os alunos a concluir seus estudos.
O estudo também revela que existe hoje uma significativa redução dos salários relativos de trabalhadores com instrução secundária; níveis de desemprego historicamente altos; participação baixa e estagnada no mercado de trabalho; salários praticamente sem crescimento em três décadas e informalidade crescente. Esses indícios mostram que a situação de trabalho dos jovens é pior na atualidade, especialmente para jovens com nível secundário de instrução.

''Atender a demanda indígena é contrariar a política federal de incentivo ao agronegócio''

A morte de caciques e professores, lideranças Guarani-kaiowá, são a máxima expressão dos conflitos fundiários que envolvem a permanente luta por território e por sobrevivência dos indígenas e a ascensão dos latifúndios do agronegócio”, afirma o geógrafo.

“A omissão do Estado em relação à questão agrária e indígena no Brasil é algo que reforça a violência no campo brasileiro enquanto um problema estrutural, ao mesmo tempo em que fortalece a elite agrária e provoca a morte dos povos indígenas”. A afirmação é de Eduardo Luiz Damiani Goyos Carlini, geógrafo, que fez parte da Expedição Marcos Veron, que visitou, até o último dia 25 de janeiro, diversas aldeias do estado de Mato Grosso do Sul para registrar a situação de vida dos Guarani-kaiowá e as ameaças de morte às suas lideranças. O objetivo é elaborar um material que possa compor a luta dos Guarani-kaiowá pela demarcação de seu território e pela cessação imediata da violência a que estão submetidos cotidianamente. Na entrevista que concedeu por e-mail para a IHU On-Line, ele dá detalhes da experiência e é enfático quando questionado sobre as ameaças de morte às lideranças indígenas: “Não são apenas ameaças, mas assassinatos praticados rotineiramente”. E continua: “a ação dos fazendeiros se configura por homicídios bem planejados. Não mandam matar qualquer membro da comunidade, mas sim lideranças – sejam eles caciques ou professores. Tiram de circulação aquelas pessoas escolhidas pela própria comunidade por terem a capacidade de repassar os ensinamentos para o coletivo e inevitavelmente fortalecer a organização do movimento indígena. A perda dessas referências para a comunidade traz, em si, o medo como parte do cotidiano. E essa é uma estratégia utilizada pelo agronegócio para o extermínio desses povos. A população vive em constante incerteza sobre seu próximo amanhecer”. Por fim, conclui Eduardo, “precisamos também destacar que não só os indígenas em todo o Brasil recebem ameaças de morte por parte da elite agrária, mas também os camponeses que lutam pelo direito legítimo de acesso à terra de trabalho nos mais diversos cantos deste país”.


Entrevista de  Carlini que é membro da Associação dos Geógrafos Brasileiros – AGB-SP.

Matéria postostada por: Serlene Ana,  Formadora da Educação do Campo e Rosa Mayate da Formadora da Educação  Escolar Indígena.

domingo, 11 de março de 2012

Transposição Didática

No blog Informática na prática pedagógica encontrei duas indicações de leituras sobre transposição didática.

1- A primeira é um texto de Guiomar Namo de Melo -  Transposição Didática, Interdisciplinaridade e Contextualização. " A proposta pedagógica entra em ação pela transposição didática..." Leia mais clicando no título do texto.

2 - Outra leitura recomendada sobre o tema é  de  Yves Chevallard e o conceito de transposição didática - Leia mais ciclando no título.
 “Um conteúdo de saber que tenha sido definido como saber a ensinar, sofre, a 
partir de então, um conjunto de transformações adaptativas que irão torná-lo apto a 
ocupar um lugar entre os objetos de ensino. O ‘trabalho’ que faz de um objeto de 
saber a ensinar, um objeto de ensino, é chamado de  transposição didática.” 

sexta-feira, 9 de março de 2012

Festas Juninas na Escola Estadual Indigena Paihitwara

A festa aconteceu na Aldeia Marechal Rondon e Irapuru e comunidade ; Etnia Xavante, foi um belo acontecimento multicultural.Um verdadeiro retrato do Brasil .

O poder de cura do suco de limão


SUCO DE LIMÃO + BICARBONATO
QUE O LIMÃO É BOM NÃO HÁ DÚVIDA.
Tomar limonada como água todos os dias, acrescentando uma colherinha de bicabornato é melhor.
O Limão (Citrus limonun Risso, Citrus limon (L.) Burm., Citrus medica) é um produto milagroso para matar as células cancerosas. É 10.000 vezes mais forte do que a quimioterapia.
Por que isto não é divulgado?
Porque há organizações interessadas em encontrar uma versão sintética que lhes permita obter lucros fabulosos. Mas, a partir de agora você pode ajudar um amigo que precise informando-lhe que deve beber suco de limão com bicarbonato de sódio para prevenir a doença. Seu sabor é agradável. E, é claro, não  produz os efeitos terríveis da quimioterapia. E se você tiver lugar plante um pé de limão no seu quintal ou jardim. Todas as partes da árvore são úteis.
A próxima vez que você quiser beber um suco, peça ou faça-o de limão natural, sem conservantes.
Quantas pessoas morrem, enquanto este segredo tem sido bem guardado só para não colocar em risco as utilidades multi bilionárias de grandes corporações?
Como você bem sabe o limoeiro é uma árvore pequena e baixa. Não ocupa muito espaço. É conhecido pelo nome de limoeiro, pé de limão, lima (em alguns lugares), limona (cat) limoiaritz (eusk). É uma fruta cítrica que vem em diferentes formas. Sua polpa pode ser consumida diretamente ou é usada normalmente para fazer bebidas, sorvetes, doces e assim por diante. O interesse desta planta é devido a seus fortes efeitos anti-cancerígenos. E embora lhe sejam atribuídas muitas outras propriedades, o mais interessante sobre ele é o efeito que produz sobre os cistos e tumores.
Esta planta é um remédio comprovado contra o câncer de todos os tipos e o bicarbonato vai mudar o Ph do seu organismo. Alguns dizem que é de grande utilidade em todas as formas de câncer.
É considerado também como um agente anti-microbiano de amplo espectro contra infecções bacterianas e fungos que vivem em lugares ácidos. Acrescentando bicarbonato de sódio em sua limonada você altera o Ph do seu organismo; é eficaz contra parasitas internos e vermes, regula a pressão arterial elevada e é antidepressivo, combate a tensão e os distúrbios nervosos.
A fonte desta informação é fascinante: ela vem de um dos maiores fabricantes de remédios do mundo, que afirma que depois de mais de 20 testes de laboratório realizados desde 1970, ficou provado que o extrato:

1 - Destroi as células malignas em 12 tipos de câncer, incluindo câncer de cólon, de mama, de próstata, de pulmão e do pâncreas ...
2 - Os compostos desta árvore mostraram atuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células cancerosas do que a adriamicina, uma droga quimioterápica, normalmente utilizada no mundo. 
3 - E o que é ainda mais surpreendente: este tipo de terapia, com o extrato do limão e bicabornato, destró apenas as células malignas do câncer e não afeta as células saudáveis.
Instituto de Ciências da Saúde, L.L.C. 819 N. Charles Street
Baltimore, MD 1201.
DIVULGUEM

quinta-feira, 8 de março de 2012

Conheça o Pinterest

O Pinterest é uma rede social que promete ganhar o gosto de muita gente que adora compartilhar conteúdos lidos, assistidos e achados na web de uma maneira diferente. Imagine que você tenha um quadro de cortiça e nele fixa as coisas que mais gosta. É assim que o Pinterest funciona: você cria quadros "Boards" e fixa imagens com links "Pin" para compartilhar com seus seguidores todos os seus gostos. Da mesma forma, você pode seguir pessoas com interesses comuns aos seus e replicar em seu perfil.
fonte:http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2012/02/como-usar-o-pinterest.html