segunda-feira, 22 de novembro de 2010
















No dia 19 de novembro aconteceu o encerramento do grupo de estudos das alfabetizadoras, do município de Primavera do Leste, coordenados pelas professoras formadoras do Cefapro , a Professora de Língua Portuguesa Marilda da Silva Rudnick, a professora alfabetizadora Daniele da Costa Leão Santos com a colaboração da coordenadora de formação do Cefapro Zoraide Barbosa de Almeida Urcino. Esta formação foi realizada a pedido da (SECEL) Secretaria Municipal de Educação. Agradecemos a todas as professoras que participaram e as professoras da SECEL, Erenita e Selma.






Nos dias 16, 17 e 18 de novembro os professores formadores do Cefapro de Primavera do Leste, estiveram presentes no Seminário do EMIEP. Todas as Escolas que ofertam o Ensino Médio Integrado à Educação Profissional (EMIEP) e as que irão ofertar em 2011 participaram o Seminário foi inteiramente focado na questão do Ensino Integrado.
Os profissionais encarregados das palestras e mini-curso cumprem sua agenda de trabalho em Universidades Brasileiras e foram criteriosamente escolhidos em função de suas linhas de pesquisa.
O Projeto do Ensino Integrado e o desafio da universalização do Ensino Médio; O trabalho como princípio educativo e o Ensino Integrado como um projeto político-pedagógico; O trabalho como princípio educativo e o Ensino Integrado como um projeto político-pedagógico; O docente como agente de Transformação e de integração curricular e a sua necessária valorização; O docente como agente de Transformação e de integração curricular e a sua necessária valorização – (Prof. Dr. Ramon de Oliveira);
A Pedagogia deweyana. Textos: Duas Boas Razões para ler John Dewey; John Dewey e o pensamento Educacional Brasileiro: a centralidade da noção de movimento; Uma obra de pedagogia, além da pedagogia; A formação reflexiva de professores; Experiência, poética e utópica na educação - (Prof. Dr.Marcus Vinicius da Cunha).
Práticas Formativas para profissionais do EMIEP com foco na Integração Curricular; Práticas Formativas para profissionais do EMIEP com foco na Integração Curricular; Possibilidades de Integração Curricular – Pedagogia de Projetos; Possibilidades de Integração Curricular – Pedagogia de Projetos – (Profª Drª Elinilze Guedes e Prof. Dr.Ronaldo Lima)
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio – (Prof.Dr. Jose Fernandes de Lima)
E, ainda houve a colaboração dos profissionais da SEDUC:
Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional Técnica de Nível Médio – (Prof.Ms. Marcos Amado Gonçalves da Silva)
Orientações Curriculares para a Educação Básica de Mato Grosso – (Profª Ms. Aidê Fátima de Campos)
Prof. Esp. Hércules Assunção, Prof. Esp. Teresinha Costa e Prof. Ms Marcos Amado (Ensino Médio: Modalidade e Formas de Oferta – EMIEP, Organização por Semestre, Ensino Médio Inovador)

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Finalização do Curso Tecnologias na Educação no CEJA Getúlio Dornelles Vargas

O CEFAPRO no desejo de integrar aos planejamentos e execuções de aulas as tecnologias promoveu o curso Tecnologias na educação, e no dia 28/10/10 finalizamos mais formaçao na Escola Estadual Getulio Vargas Dornelles. Durante 6 meses os profissionais da educação do Centro de Educação de Jovens e Adultos de Primavera do Leste socializaram, debateram, refletiram sobre necessidades e dificuldades encontradas no cotidiano escolar.

Durante essa formação os educadores reverberaram sobre textos voltados a formação continuada de Antonio Novoa, Pedro Demo, Maria Elisabeth de Almeida, entre outros que justificam a necessidade do uso das tecnologias na sala de aula, na pratica pedagogica, onde o professor é a tecnologia das tecnologias, é o eterno pesquisador.

Os cursistas conheceram diversos objetos de midias, programas com jogos educacionais, foram estimulados a alimentar os blogs e a planejar suas aulas por meio de hipertextos e hipermidia.

No decorrer desta formação os cursistas utilizaram a Plataforma E-proinfo, nela encontraram apostila digital e espaço para realizarem as atividades.

A avaliação sobre o curso foi executada no ultimo encontro dentro do blog da professora-tutora Janaina Pitas. Praticidade que gerou uma planilha imediata, uma ferramenta importante para a melhoria nas proximas formações em tecnologias da educação.

Autoria: Janaina Pitas





quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A Perspectiva do Ensino de História e Língua Portuguesa na EJA de Campo Verde

No dia 25 de Outubro, foi realizado na Escola Municipal Artemir Pires algumas discussões sobre o Ensino de História e Língua Portuguesa na Educação de Jovens Adultos. O grupo de educadores foi composto por professores do campo, dos assentamentos e área urbana. Além de coordenadores , diretores e da Secretaria Municipal de Campo Verde, representada por Eliciane e Marli. Entre as problemáticas a formadora Janaina R. Pitas sugeriu o uso da ludicidade, respeitando a faixa etária dos educandos, outro ponto destacado foi a necessidade de correlacionar a História dos sujeitos do EJA ao cenário global e a desconstrução da História como consenso. Entre as alternativas está o uso de comparações entre documentos, a evidenciação da História através das memórias dos alunos, entre outros aspectos. Seguindo uma perspectiva de Paulo Freire a Formadora Marilda Rudnick pediu a valorização dos sonhos acalentados pelos alunos da EJA, o estímulo a leitura, uso de textos verbais e não verbais, promovendo o reconhecimento e respeito as diferentes variedades do português, procurando combater o preconceito lingüístico. Alguns professores manifestaram algumas dificuldades na própria reconstrução do que é ser professor na atualidade, pois "fomos formados tradicionalmente", mas entendem que por outro lado precisam adaptar-se as novas metodologias no intuito de promover o processo de aprendizagem significativo, relacionando o cotidiano escolar e social ao mundo, incluindo os alunos da EJA a sociedade. Autoria: Janaina R. Pitas



sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Escola Waldemon Moraes Coelho de Campo Verde é bi-campeã na IV Mostra Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação

A Escola Waldemon novamente foi campeã este ano na IV Mostra Regional de Ciência e Tecnologia que ocorreu  em Barra de Garças, participando na categoria invenção, com o projeto " Quadro Mágico" - LER/DORT. Nesta semana o Projeto está sendo apresentado na Semana de Ciência e Tecnologia ,que ocorre no Centro de Eventos Pantanal em Cuiabá, de 18 a 22 de outubro.
O projeto surgiu nas aulas de ciências do Terceiro Ciclo/Segunda Fase,onde os alunos tiveram a idéia de criar um quadro que melhorasse a postura do professor. Esse invento teria como característica a movimentação do quadro para cima e para baixo, possibilitando o professor escrever no mesmo sempre na altura do coração, onde condiciona melhor a circulação sanguínea oxigenando as articulações e musculatura, evitando assim problemas como as doenças LER/DORT.Essas doenças  a longo prazo tem prejudicado vários profissionais da educação, impossibilitando esses de realizar seus afazeres, levando ao afastamento de suas atividades, o que torna-se oneroso ao poder público, pois ao mesmo tempo  que o profissional em efetivo execercicio de seu função recebe seu salario estando afastado, o poder público terá que  pagar um substituto gerando mais ônus.
O professor orientador do Projeto é Airton Cervieri e também o coordenador José de Paula, juntamente com os alunos Marciano Tomaz de Souza e Rafeal Célio Bardella.

Professor Airton Cervieri ao Centro e os alunos Marciano e Rafael
Organização do Stand com participação da Coordenação.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

PITEC - Último Encontro- Primavera do Leste

Foi realizado hoje no  Cefapro de Primavera do Leste o último encontro do curso Elaboração de Projetos com Tecnologias, o momento foi de socialização das produções, mapas conceituais dos projetos realizados foram construídos. A reflexão pemeou todo processo, onde os professores participantes refletiram sobre o projeto criado e implementado na escola.
A professora-orientadora Janaína Pítas acompanhou os cursistas ao longo dos cinco meses, produziu mapa conceitual das reflexões dos cursistas ao longo da formação, as principais idéias apresentadas por cada um acerca do que é projeto com tecnologias integradas ao currículo.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Uso da Informática Educativa para o Aluno Surdo

Durante o Seminário de Tecnologia que está ocorrendo em Cuiabá no GT de Humanas tivemos a socialização do trabalho da Facilitadora do LIED CEAADA de Cuiabá, Mara Tereza que desenvolve projetos em consonância com os professores de forma interdisciplinar e com tecnologias integradas ao currículo. Nas atividades desenvolvidas são utilizadas diversos softwares: paint, power point, movie maker e outros. O recurso principal é a  linguagem áudio-visual para auxiliar os alunos surdos a desenvolverem e mobilizarem competências e habilidades necessárias.
Dentre os softwares utilizados temos dicionário em libras, o haga quê, mk gibi, atividades educativas, além do uso de redes sociais como  msn e orkut. Abaixo temos os links que podem ser visitados.  E também o vídeo produzido pela facilitadora e alunos sobre a culinária Cuiabana em libras.
Quer conhecer mais sobre o trabalho clique nos links abaixo e veja o vídeo:





domingo, 17 de outubro de 2010

Conheça o Site Visão Geográfica

No Seminário  Estadual de Tecnologia que está  acontecendo em Cuiabá tivemos a oportunidade  de conhecer o site do Prof. Ms. João Paulo, o mesmo fez a socialização da sua experiência em construção de sites com softwares gratuitos, neste ambiente ele disponibiliza tutoriais, dowloads diversos,artigos, material relacionado a geografia e outros. Para acessar clique na figura abaixo ou acesse o link: www.visaogeografica.com

Seminário Tecnologia Cefapro de Cuiabá


Iniciou-se hoje o  Seminário Estadual de Tecnologia Educacional e o II ETEC constando de conferência, apresentação de projetos e pesquisas educacionais. As apresentações serão através de grupos de trabalhos com sessões de comunicação oral e exposição de pôsteres, para incentivar a produção cientifica de educadores e pesquisadores.
O tema central do evento será “O aprendizado e troca de experiências com o uso das TIC”. Os professores que já cursaram ou estão cursando as formações continuada em Tecnologia Educacional terão espaço para apresentarem suas experiências em sala de aula com o uso das TICs. O objetivo é promover um espaço de conhecimento, reflexões, estudos e socialização de experiências sobre os desafios do processo de ensinar e aprender na escola organizada por ciclos de formação humana na era da sociedade do conhecimento.

SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DA UNESCO ACONTECERÁ EM CUIABÁ
Mato Grosso será sede do Seminário Internacional de Tecnologia Educacional da Unesco que foi integrado ao calendário do Seminário Estadual de Tecnologia Educacional e ao II Encontro de Tecnologia, Educação e Currículo do CEFAPRO de Cuiabá - ETEC.
Será realizado de 17 a 19 de outubro na Cidade de Cuiabá. No dia 19 acontecerá o Seminário Internacional da Unesco constando de conferências e palestras. Palestrante confirmado: Eric Rusten.
A integração dos eventos apresentados trás ao cenário educacional do Estado de Mato Grosso a transposição da fronteira geográfica e o estabelecimento de uma rede de troca de experiências com o uso das TICs.























quinta-feira, 14 de outubro de 2010

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Seminário Tecnologia Cefapro de Barra do Garças

II Seminário de Tecnologia Educacional acontecerá de (06/10) até o dia 8 de outubro de 2010. Estão participando desse Seminário os técnicos e formadores dos Cefapros e dos municípios dos pólos de: Barra do Garças, Confresa e São Felix. Participam do evento (Vitório - Cefapro de Juína e Maike - Escola Estadual Maria Quitéria, municipio de Castanheira, pólo de Juína), Cefapro de Rondonópolis (Rafael Leandro), de Cáceres (Luismar), de primavera do Leste (Gleibiane) e de Juara (Weder), Cefapro de São Félix (Maria Dalva), Cefapro de Confresa(Amanda). O Professor Mestre Edevamilton de Lima Oliveira nos presenteou com a palestra - "Navegando, tecendo e edificando a Tecnologia Educacional em terras do Araguaia." No evento tivemos as seguintes oficinas: Oficina I - Aplicativos para Blog Professor Formador - Rafael Leandro (CEFAPRO de Rondonópolis); Oficina II – Interagindo com o Linux Educacional, trabalhada por nós: professor formador Vitório Helatczuk e Maike Zaniolo Arvani(CEFAPRO de Juína e Escola Estadual Maria Quitéria de Castanheira/MT); Oficina III - Utilizando o Italc em rede -Professores Formadores – Eurizmar Deluque (CEFAPRO de Cáceres) e Weder (CEFAPRO de Juara); Oficina IV – Produção de vídeos no Movie Maker – pelas Professoras Formadoras – Marizete (CEFAPRO de Barra do Garças) e Renata (Multiplicadora do Proinfo); Oficina V –Produção de Artigo de publicação Ministrantes: Lucimar Araújo (Coordenadoria de Formação em Tecnologia Educacional) e a professora formadora, Aldina (CEFAPRO de Cuiabá).


Formação Técnicos dos LIEDS - Construindo Saberes

div style="text-align: justify;"> O Cefapro de Primavera do Leste realizou nesta quinta-feira(30/09) mais um encontro da formação Técnicos dos LIEDS – Construindo Saberes. A mesma iniciou-se  no mês de março deste ano, envolvendo os técnicos das escolas estaduais de Primavera, durante os encontros  diversos temas são abordados entre eles  construir e alimentar o blog da escola, soluções  Linux Educacional, discussão de textos relacionados ao uso do lied, uso da tecnologia educacional na prática pedagógica . Os encontros são marcados pela interação, socialização de conhecimentos. Tendo como objetivo  fortalecer cada vez mais a rede formada pela Escola, Cefapro, Coordenadoria de Tecnologia. Também estão sendo realizados encontros nos municípios de Poxoreú e Campo Verde

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

PROJETO SALA DE PROFESSOR DA E.E. PROF.ª ALDA G. SCOPEL DISCUTE SOBRE O USO DO LIED


Nos dias 28, 29 e 30 de setembro, a fomadora do Cefapro de Primavera do Leste, Gleibiane Silva David da área de tecnologia educacional realizou intervenções no projeto sala de professor da Escola Estadual Prof.ª Alda G. Scopel, contribuindo com o tema ” Uso adequado do Proinfo”.Durante esse momento refletimos  sobre como integrar as TICS ao processo ensino aprendizagem no intuito de promover uma aprendizagem significativa e muito mais prazerosa para os nossos alunos.
Iniciamos com uma discussão sobre a importância do LIED ser utilizado para desenvolvermos atividades que proporcionem a produção do conhecimento. Na seqüência conhecemos o que  é o Proinfo e as dimensões que este programa engloba.

sábado, 11 de setembro de 2010

III ENCONTRO DE EDUCAÇÃO DO CAMPO

O Cefapro de Primavera do Leste realizou no dia 04 de setembro o III Encontro de Educação no Campo. O evento ocorreu na Escola Estadual João Borges Vieira na comunidade de Aparecida do Leste, município de Poxoréu, com a presença da Assessora Pedagógica, Secretário Municipal de Educação, Técnica da Superintendência de Formação da SEDUC Professora Daisy Primo, profissionais da educação das escolas do campo, Argemiro R. Pimentel e João Borges Vieira e representantes da comunidade, que não mediram esforços para receber a todos os participantes. O evento foi marcado por atividades culturais apresentadas pelos alunos da escola, exposição de artesanatos e alimentos produzidos na comunidade. Os formadores do Cefapro participaram com temas voltados para as escolas do campo, a professora Serlene Ana De Carli, tratou do Tema: Construção do Projeto Político Pedagógico para as escolas do campo, o professor Marcos Soares com o Tema: Diversidade educacionais no Currículo e no Projeto Político Pedagógico nas escolas do campo, o professor Jeremias Vasconcelos Batista com o Tema: Educação Ambiental na perspectiva da educação do campo e a professara Márcia Roza Lorenzzon com o Tema: Linguagem , Currículo vivo e contextualizado. As discussões possibilitaram a revisão, avaliação e reestruturação do PPP de acordo com as Diretrizes da educação do campo. O Encontro foi importante, pois permitiu a reflexão sobre a necessidade da construção de um currículo e PPP com identidade do campo.


quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Limite da Propriedade da Terra no Brasil

A ocupação indiscriminada do solo brasileiro, a grilagem das terras indígenas e concentração de terras, ocorrem no País desde o período colonial, através das Capitanias Hereditárias, do Sistema de Sesmarias, era doadas pela Coroa Portuguesa grandes extensão de terras para pessoas abastadas. Durante o Período Regencial, por meio das Cartas Régias tentou-se em vão limitar o tamanho da propriedade. No final do século XVIII, com a expansão das atividades econômicas no campo, ocorre à estratificação da propriedade sesmeira, o fortalecimento do monopólio de terra e da aristocracia rural brasileira.

Percebe-se, que as políticas de ocupação do território brasileiro, adotadas por Portugal desde o início da ocupação do Brasil, foram excludentes, deixando claro que a terra e as riquezas produzidas no país não estavam ao alcance de todos. Esse modelo de ocupação foi responsável pela dizimação dos povos indígenas, pelos impactos ambientais sobre os biomas e a concentração fundiária que se configura até os dias atuais.

Sob a égide da Lei de Terras, surgem nas primeiras décadas do século XX as oligarquias agrárias, detentoras de grandes propriedades e do poder político local, regional e nacional. As normativas desta Lei perduram no Brasil até 1964, quando o governo militar cria o Estatuto da Terra, um Estatuto de “aparência”, usado para tão somente desarticular a luta pela terra das Ligas Camponesas, pois a reforma agrária prevista no Estatuto nunca foi implantada pelos militares. Sabe-se que a reforma agrária redistribuitiva, prevista no Estatuto da Terra, na Constituição Federal de 1988 e na Lei Agrária nº 8.629 de 1993, não ocorreu no Brasil porque, conforme explica Oliveira (2001) estudioso da questão agrária brasileira e matogrossense “as elites agrárias não têm permitido que o Estado implante qualquer política de Reforma Agrária no Brasil, apesar das tentativas de alguns governos, como as de João Goulart, que começara um processo de Reforma Agrária mas não teve tempo de executá-la, devido ao golpe militar em 1964.”

Em Mato Grosso, o processo de ocupação ocorreu da mesma forma como nos demais Estados brasileiros. Conforme explica Moreno (2007), “o território passou a ser ocupado internamente pelas classes agrárias e comerciais, que aspiravam ao poder político, o aparecimento dos coronéis oligárquicos é representado pelos usineiros do açúcar, pecuaristas e ervateiros que disputavam a hegemonia do poder político local”.

Posteriormente com “A Marcha para Oeste” incentivada por Getulio Vargas e o processo de ocupação em direção a Amazônia matogrossense na década de 1970, também incentivada pelos governos militares, Terras públicas e devolutas são vendidas indiscriminadamente a grandes colonizadoras e grupos econômicos que concentraram legalmente e ilegalmente milhões de hectares de terras.

Nesse contexto, ficou explícito o papel do Estado em legitimar o latifúndio e promover a mercantilização das terras públicas, vendendo-as a preços irrisórios a grupos econômicos nacionais e internacionais. A monopolização das terras nas mãos de poucos, vai contribuir para a exclusão de milhares de camponeses sem terra, para os conflitos nos espaços agrários do território matogrossense.

Entretanto, acreditava-se que o governo Lula realizaria a tão sonhada Reforma Agrária, mas infelizmente o sonho de milhões de trabalhadores rurais sem terra foi frustrado, acredita-se que o governo não mexeu na estrutura fundiária devido aos acordos firmados com as elites urbanas e agrárias, a oposição da bancada ruralista no Congresso Nacional, formada por representantes dos latifundiários e representantes do agronegócio, contrários à reforma agrária foi um grande entrave. Diferente de outros países como o Japão, Estados Unidos, Alemanha, Chile, Peru entre outros, o Brasil até hoje não conseguiu mexer na estrutura fundiária. O País se encontra na lista dos países com o maior índice de concentração fundiária do mundo. O Índice Gini em 2006 apontava o Brasil com uma concentração de 0, 872, este índice sinaliza uma estrutura agrária perversa.

Diante da magnitude do problema fundiário, da violência no campo, da luta pelo acesso a terra, das injustiças e da desigualdade social nos espaços agrários, o Plebiscito Popular pelo Limite da propriedade da Terra que está acontecendo no Brasil desde o dia 01 de setembro estendendo-se até o dia 07 é justificável. O plebiscito tem como principal objetivo: motivar a sociedade para refletir sobre o problema agrário brasileiro, a votação e participação do “abaixo assinado” que irá impulsionar a proposta de Emenda Constitucional que visa estabelecer efetivamente o limite para o tamanho da propriedade no Brasil.

Sabe-se que, acesso a terra significa para os milhões de pequenos camponeses sem terra a melhoria da qualidade de vida, o combate ao desemprego, à pobreza, a exclusão social, a segurança e a soberania alimentar brasileira. Dados do Censo Agropecuário de 2006 mostra a viabilidade produtiva da agricultura familiar que é responsável por 70% dos alimentos que chegam a mesa dos brasileiros. Portanto, limitar o tamanho da propriedade significa garantir o acesso a terra para mais de 4 milhões de agricultores sem terra, significa garantir o direito sagrado do aceso a terra.

“No começo a Terra era toda de Deus, que não deu documento, nem vendeu para ninguém, nem botou cercas. Agora o governo e os grandes pensam que são donos". (Lavradores brasileiros)



Profª. Ms. Serlene Ana De Carli

Professora Formadora da Educação do Campo Cefapro/pva

comunicação@limitedaterra.org.br

I Seminário Estadual de Tecnologia - Cefapro de Cáceres



Durante três dias os formadores da área de tecnologia educacional, gestores dos Cefapros, técnicos dos Lieds e professores,  reunidos no Cefapro de Cáceres para discutir, avaliar o uso das tecnologias nas práticas educativas e discutir a construção de uma rede de blogs e sites para interligar os Cefapros e as unidades escolares. Durante o evento, serão apresentados casos de sucesso, pelas escolas, na utilização de recursos da informação e comunicação. Iniciamos com a palestra Prof.º Ms. Edevamilton L. Oliveira (Coordenador de Formação em Tecnologia Educacional, da SUFP) - Palestra: “Navegando, tecendo e edificando a tecnologia educacional”. No período vespertino foram oferecidos mini-cursos com diversas temáticas relacionadas ao uso da tecnologia. 
Nos Dias 02 e 03 de setembro temos a presença do Prof. Alberto José da Costa Tornaghi “ Tecnologia” – Dr. em Engenharia de Sistemas pela Coppe/UFRJ analisando os casos de sucesso e palestrando, lembrando que este é o consultor do MEC para o Curso de Tecnologias na Educação(100h).

domingo, 15 de agosto de 2010

Formação Facilitadores dos LIEDs - Campo Verde

Realizamos no dia 13/08 no município de Campo Verde um encontro com os facilitadores dos LIEDs, juntamente com os coordenadores pedagógicos das escolas estaduais, com a finalidade de discutirmos sobre as atribuições dos mesmos nesses ambientes, Portaria 112/08, Orientativo Cefapro sobre o uso dos Laboratórios de Informática. A importância de criarmos os blogs da Escola para formação da nossa Rede(Escola/Cefapro/Coordenadoria de Tecnologia).

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

SEMIEDU

Professores,

As inscrições para o Seminário Educação 2010 da UFMT já estão abertas no site www.ie.ufmt.br/semiedu2010. Aos interessado em participar, submeter trabalho, ter um olhar atualizado das discussões educacionais, entrem no site e realizem a inscrição. O evento ocorre de 21 a 24/11 na UFMT.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Encontro de Gestores - 05 a 06 de Agosto

Nos dias 05 e 06 de agosto as equipes gestoras das Escolas Estaduais pertencentes ao Polo Cefapro/Primavera do Leste, representantes das secretárias municipais de educação,gestores das escolas municipais,formadores do Cefapro, estarão reunidos nas dependências da UNIC/Primavera, para discutir as seguintes temáticas:
05/08:
-Cefapro no processo de Formação Continuada - Mediadora: Prof.ª Márcia Lorenzzon
-A importância da Formação Continuada-"Projeto Sala do Educador - Mediadora: Prof.ª Zoraide Barbosa
- A importância do Projeto Sala do Gestor para o aprimoramento do relacionamento no cotidiano escolar e ainda como norteador nos estudos, debates e trocas de experiências-Mediadoras: Prof.ª Rosane Mastella, Silvana Estela, Telma
- A importância do apoio dos gestores frente ao uso de novas tecnologias pelos professores e alunos como uma ferramenta a mais no processo Ensino-Aprendizagem.
Mediadores: Assessoria Pedagógica Campo Verde, Glibiane Silva, Marilda Rudnick, Rosine Borges.
-O papel dos Gestores no desenvolvimento do Projeto Sala de Educacor e a importância da Formação Continuada Mediadores: Equipe gestora de Santo Antônio do Leste, Prof.º Dilson Thomaz, Adenilza Oliveria, Zoraide Barbosa.

06/08 - Abertura do Evento - Equipe Cefapro
- O papel dos gestores frente ás diversidades - Equipe Gestora de Paranatinga-Mediadores: Marcos Serlene e Josefina;
- Ánalise dos resultados da avialiação Institucional das Escolas Estaduais do Pólo Cefapro, Primavera do Leste e a melhoria do IDEB Estado de Mato Grosso. Qual a contribuição da Formação Continuada neste processo?
-Avaliação do evento;
-Reunião com as Assesssoras Pedagógicas e Equipe Gestora do CEFAPRO;


video

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Projeto Sala do Educador e o Uso Pedagógico do Vídeo

Seminário Regional - Orientações Curriculares



Indagações, proposições e alterações estão compondo o documento das Orientações Curriculares (OCs).
O documento que tramita entre a comunidade escolar desde 30 de junho, passou pela etapa escolar e municipal até chegar na fase regional. O objetivo é o de oportunizar a todos a contribuição na elaboração do documento norteador do currículo das escolas estaduais.
De modo geral os grupos são divididos por área de conhecimento (alfabetização, Ciências da Natureza e Matemática, ciências Humanas e Sociais, Educação de Jovens e Adultos, Educação do Campo, Quilombola, Diversidade e Indígena.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

CEFAPRO PRIMAVERA DO LESTE REALIZA O II ENCONTRO DE EDUCAÇÃO DO CAMPO


             Neste sábado, 19 de Junho, foi realizado no Distrito de Jarudore, no município de Poxoréo o II Encontro de Educação no Campo. O evento foi marcado pela presença do Secretario do Município Antonio Lellis, da Assessora Pedagógica Leda Figueiredo Rocha do Lago, CEFAPRO de Primavera do Leste, profissionais da Educação do Campo: da Escola Estadual Franklin Cassiano, Escola Estadual João Borges Vieira, Escola Estadual Argemiro Rodrigues Pimentel e Escola Municipal Epaminondas Correia de Oliveira.

            O encontro destacou a importância do envolvimento de toda a comunidade escolar, constituída por assentados, indígenas e pequenos agricultores, os quais realizaram apresentações teatrais, poesias, artesanato, musicas, intrínsecas ao “homem da terra”. Seguindo esta perspectiva o objetivo deste trabalho reside na consolidação da Formação Continuada, atendendo as especificidades e necessidades das escolas do campo.

             As praticas e as regulamentações legais na ótica da “Pedagogia da Alternância” foram contempladas na intervenção da Formadora Serlene Ana De Carli. Na seqüência a Formadora Janaina Rodrigues Pitas discorreu sobre “O ensino de Historia na perspectiva da Educação no campo”, traçando uma trajetória e as relações do homem com terra ao longo da Historia do Mato Grosso, evidenciando os sujeitos da historia local, refletindo sobre uma aprendizagem significativa a partir de um diagnostico das comunidades ali presentes, que integram a Historia Nacional. Somada a essas discussões o formador João Carlos Martins Bressan promoveu apontamentos sobre os diferentes aspectos no processo de “Ensino de Educação Física para os educandos do campo”, elencando fatores do meio, da alimentação, do trabalho, as diferentes fases de aprendizagem e os respectivos componentes curriculares.

             Os temas abordados foram de suma importância para a qualificação dos educadores das escolas do campo, que necessitam de novas abordagens metodológicas no intuito de melhorar o processo ensino-aprendizagem.

segunda-feira, 14 de junho de 2010


Projeto: “O mundo no CEI e o CEI na copa


O centro de ensino integrado “Cremilda Oliveira Viana” de Primavera do Leste, modelo em gestão compartilhada, está desenvolvendo o projeto “ O mundo no CEI e o CEI na copa”, segundo a professora de matemática e coordenadora do referido projeto Greziela Ramos de Carvalho Souza, inicialmente as atividades envolveram as áreas de exatas e humanas, mas como o interesse dos alunos era grande todas as áreas do conhecimento das duas redes decidiram participar. Iniciou-se com o concurso de bandeiras, sob a responsabilidade dos professores de artes, onde cada sala elaborou um modelo para divulgar o projeto, após as cinco melhores foram escolhidas, a partir de agora aquela que melhor representar o projeto será votada no blog da escola, realizou-se um inter-classe onde cada turma representa um país da copa. Além disso, cada sala ficou responsável por pesquisar os aspectos históricos, geográficos,matemáticos de cada participante , os dados coletados foram compilados e produziu-se uma apresentação em slides, outras atividades : linha do tempo da copa do mundo, confecção de mapas, mural com noticiais de cada país participante da copa, produção de gráficos, tabelas e outros. No dia onze de junho aconteceu a abertura do projeto, os alunos apresentaram as informações coletadas sobre cada país, desfile bandeiras, apresentações artísticas e culturais. Ainda segundo a professora Greziela, no dia nove de julho, acontecerá a culminância do projeto no ginásio da escola onde as turmas organizaram stands com todo material produzido, informações de cada país participante da copa.Algumas imagens do evento abaixo:




terça-feira, 18 de maio de 2010

CEFAPRO REALIZA I ENCONTRO DE EDUCAÇÃO DO CAMPO EM POXORÉU



As Políticas e Diretrizes para a Educação Básica do Campo no estado de Mato Grosso, implementadas pela Secretaria de Estado de Educação – SEDUC estão voltadas para a formação do cidadão e cidadã com competências para viver e conviver na sua localidade, como também estar preparado para o enfrentamento dos desafios do mundo contemporâneo.
Nesta perspectiva o Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica – CEFAPRO Pólo de Primavera do Leste realizou no dia 15 de maio o 1º Encontro de Educação do Campo no Distrito de Paraíso do Leste no município de Poxoréu. O evento contou com a participação dos educadores das escolas estaduais do campo, Franklin Cassiano, Argemiro Rodrigues Pimentel e João Borges Vieira totalizando 50 educadores e com a presença de alguns segmentos (Secretário de Educação e Coordenadoras da rede Municipal de Ensino de Poxoréu, representantes da EMPAER, e da Associação de Produtores Rurais.
O Seminário teve como objetivo a socialização das Políticas Públicas e Diretrizes para a Educação do Campo, onde foram ministrados os seguintes temas: Diretrizes Legais para a Educação do Campo, Professora Formadora em Educação do Campo Serlene Ana De Carli, Orientações e Ações em Diversidade para Educação do Campo, Professor Formador Marcos Soares de Souza e o Papel do Articulador nas Escolas do Campo Professora Coordenadora Zoraide Barbosa Almeida Urcino.
Na avaliação dos educadores, o Encontro foi considerado de grande importância, pois, possibilitou uma compreensão maior sobre a Educação do Campo, contribuindo para a formação continuada dos mesmos, e uma reflexão sobre a prática pedagógica nas escolas do campo.

terça-feira, 20 de abril de 2010


Cefapro de Primavera recebe a visita da Superintendente de Formação Ema Marta e Coordenadora de Formação Isabela Corrêa

No dia 20 de Abril de 2010, recebemos a visita da Superintendente de Formação Ema Marta e da Coordenadora de Formação Isabela Maria Corrêa. Durante o encontro foram levantados vários pontos dentre os quais se destacam a Avaliação dos Cefapros e Normatização das ações de acompanhamento do Projeto Sala de Professor pelos formadores nos municipios polos. Em uma de suas falas a Professora Ema destacou que o projeto Sala de Professor deve ser focado no dia-a-dia da escola. A coordenadora Isabela Maria discorreu sobre a necessidade de ter um Professor Formador responsável por cada escola e que este estabeleça um vínculo harmoniso com a mesma, de modo que a escola tenha o professor formador como referência no processo de avaliação no final do ano. Para finalizar a Superintendência se coloca à disposição para ajudar a solucionar os problemas e contribuir para a melhoria das formações e dos Cefapros.

Cefapro de Primavera realiza intervenção na área de Diversidade Cultural na Perspectiva da Educação do Campo em Poxoréu


Para o fortalecimento do Projeto Sala de Professor na Escola Estadual João Borges Vieira(do Campo) situada no Distrito de Aparecida do Leste/Poxoréu , o Cefapro de Primavera do Leste tendo como objetivos o de implementar, orientar, aprovar, intervir, acompanhar e avaliar os projetos elaborados pela Unidade Escolar, realizou uma intervenção sobre Diversidade Cultural, sob a coordenação do professor Marcos Soares formador do Cefapro na área de Diversidade, os professores trabalharam a temática "Diversidade Cultural e a Prática Docente", onde puderam refletir sobre sua prática em sala de aula elaborando estratégias para trabalhar as especificidades da área com seus alunos. Os grupos de estudos foram constituidos a aprtir das necessidades identificadas na escola pelos professores durante a semana pedagógica.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Formação em Tecnologia Educacional é tema de encontro em Diamantino


Começou hoje (14/04), em Diamantino, o I Encontro para a Formação em Tecnologia Educacional do Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapro) e Núcleos de Tecnologia Municipais (NTMs). O evento vai até o dia 16 e está sendo realizado no Cefapro do município. A promoção é da Superintendência de Formação dos Profissionais da Educação, da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Na avaliação do coordenador de Formação em Tecnologia Educacional da Seduc, Edevamilton de Lima Oliveira, pela proposta do encontro e dimensões de sua agenda, o evento representa um fato inédito no Estado. O encontro tem como título “Tecendo ponto-@-ponto a Rede de Aprendizagens em Mato Grosso por meio da Formação Continuada em Tecnologia Educacional.

Professores formadores em tecnologia educacional, gestores e técnicos dos Cefapros e dos NTMs das Prefeituras estão participando do evento. A programação inclui palestras e oficinas sobre temas como os programas de formação continuada em tecnologia educacional, sistemas de gestão para os ambientes virtuais e uso dos recursos tecnológicos existentes nas escolas.

Esta é a programação do encontro:

- Dia 14/04: 8h - Abertura – Acolhimento aos participantes CFTE\Cefapro e NTMs (Prof. Cesar Augusto Spíndola dos Santos, diretor do Cefapro e equipe CFTE\Undime).

8:30h às 11:30 - Tutoria e Mediação de Aprendizagens no Contexto da formação continuada em Tecnologia Educacional: a EaD e o Proinfo integrado em MT (Prof. Ms. Edevamilton Oliveira)

13:30h às 18h: Oficina: Tecnologias como recursos de aprendizagens.

- Dia 15/04: 8h às 11h: Continuação da programação da manhã do dia 14/04.

13h às 15h: Oficina: Tecnologias como recursos de aprendizagens.- apresentação de resultados e propostas dos grupos

15h às 18h: Oficina: Construção da rede de conhecimento utilizando os ambientes virtuais: Blog, Sites e Portais.

- Dia 16/04: 8h às 11h: Política de uso dos ambientes virtuais de aprendizagem no contexto do PDE: eproinfo (convencional e novo), Sip-Proinfo integrado e uso da Plataforma Freire para os cursos de formação continuada (coordenador do DPCEAD/MEC: Alexandre Pedro Matias)

13h às 16h: Orientação, estratégias, avaliação e planejamento para execução dos cursos: Introdução a Educação Digital – Linux educacional; Tecnolgia na Educação: Aprendendo e Ensinando com as TICs e Projeto Integrado de Tecnologia ao Currículo (orientador: Edevamilton Oliveira e Mediadoras: Lucimar Araújo, Zilda Muniz dos Santos, Aldina Cássia e Jociane Cintra)

16 às 18h: Confirmação do Plano Estadual de Formação Continuada.

SERGIO LUIZ FERNANDES

Assessoria/Seduc-MT